Vários sistemas operacionais dentro de um só

Homem usando computador

Seja você usuário de Windows, distribuições Linux, ou qualquer outro sistema, talvez passou por algum momento em que foi necessário usar algum recurso de um sistema operacional no qual você não usa nativamente. Um exemplo: usuários do Windows que querem aprender mais sobre Linux, terminal, e essas coisas. O que fazer, então, nessas situações? Será que é possível usufruir de recursos de um sistema específico sem retirar o meu que já está lá, e sem correr riscos maiores? Sim, é possível!

Facilidade

Dual-boot pode ser um pouco trabalhoso para a maioria das pessoas, principalmente para aquelas que não entendem muito sobre o assunto. Existe porém, uma boa resposta. Virtualização de máquina. Há a possibilidade de você simplesmente rodar um outro sistema operacional dentro da sua máquina, sem dor de cabeça, ou problemas. Além disso, se você não quiser mais o sistema, pode simplesmente excluí-lo. Simples, não? Não me aterei em termos técnicos, apenas ensinarei a como fazê-lo.

Como posso fazer isso?

Caso você prefira, deixarei meu tutorial em vídeo disponível.

 

1- Baixe VirtualBox:

VirtualBox é um software que vai permitir fazer exatamente aquilo que mencionei anteriormente. Para isso, você precisará baixá-lo, e instalá-lo em sua máquina. A instalação é um processo simples,e fácil, mas caso você não entenda, pode procurar algum vídeo na internet ensinando.

Página do software VirtualBox
Página do software VirtualBox
VirtualBox, virtualização de máquina
VirtualBox

2- Obtenha a imagem ISO do seu novo sistema operacional:

Para instalar, você poderá optar por baixar o seu SO em “.iso”. O download dependerá de qual software você irá escolher. Para fins de aprendizado, estarei utilizando o Lubuntu, mas funciona pra quase qualquer sistema. Existem outras formas de baixar seu sistema para utilizá-lo no VirtualBox, mas creio que esse seja o mais recomendado.

Página do Lubuntu
Página do Lubuntu.

3- Crie uma nova máquina:

Clique em novo, e aparecerá uma série de janelas que permitirão você configurar a máquina virtual de acordo com seus parâmetros.

Nomeie a máquina de acordo com seu interesse. Lembre-se de escolher o tipo, dependendo do sistema, e sua respectiva versão.

Programa VirtualBox
No caso, sempre preste atenção sistema que baixou.

Depois, você precisará configurar a quantidade de memória RAM que você quer usar para seu sistema. Lembre-se de nunca colocar um valor absurdo, muito baixo ou muito alto, porque assim você não vai conseguir ter um bom desempenho, e talvez nem conseguirá utilizá-lo.

Programa VirtualBox
Cuidado para não colocar demais ou de menos!

Você pode simplesmente criar um novo disco rígido, e deixá-lo dinamicamente alocado. Dessa forma, se você selecionar 100 GB de memória, eles não serão consumidos imediatamente, mas de acordo com seu uso.

Programa VirtualBoxPrograma VirtualBoxPrograma VirtualBoxPrograma VirtualBox

4- Configure sua máquina:

Na aba “Configurações”, você poderá configurar o sistema a seu gosto. Atento-me na parte de selecionar a “.iso”. Abra Configurações-Armazenamento-Vazio, e você verá um CD com uma seta pra baixa. Com seu navegador de arquivos, procure por onde você salvou o arquivo que mencionei.

Programa VirtualBox

5- Inicie e instale seu sistema:

Agora basta simplesmente clicar em “Iniciar”, e instalar seu novo sistema como se você estivesse instalando-o em sua máquina real.

Lubuntu
Basta prosseguir com a instalação normalmente.
Lubuntu
Exemplo de um sistema já instalado.

Para fechar o sistema, basta desligá-lo, ou fechar com o famoso “x”. Procure ler mais sobre o assunto, e leia a documentação oficial.

Fontes:
VirtualBox- User Manual
VirtualBox- FAQ