Violação de dados na Universidade de Sydney impacta candidatos recentes
4 de Setembro de 2023

A Universidade de Sydney (USYD) anunciou que uma violação em um provedor de serviços terceirizado expôs informações pessoais de candidatos internacionais recentemente inscritos e matriculados.

A universidade pública iniciou suas atividades em 1850 e tem quase 70.000 estudantes e cerca de 8.500 funcionários acadêmicos e administrativos.

É considerada um dos institutos educacionais mais importantes da Austrália.

No anúncio da violação de dados, a universidade afirma que o incidente teve um impacto limitado e a investigação preliminar não encontrou evidências de que os alunos locais, funcionários ou ex-alunos tenham sido impactados.

Não está claro se o invasor escolheu o momento do ataque deliberadamente ou se foi uma tentativa oportunista.

A universidade diz que os impactados serão contatados e receberão o suporte necessário para minimizar o risco de exposição.

Sobre os dados a que o atacante teve acesso, a USYD diz que ainda está no processo de determinação e solicita a todos os candidatos internacionais que sigam as orientações fornecidas nesta página da web.

Para qualquer outra pergunta ou para relatar comunicações suspeitas, como tentativas de phishing, aconselha-se aos estudantes enviar um e-mail para ict[.]support@sydney[.]edu[.]au.

A divulgação pública não esclarece quando ocorreu a violação ou qual serviço terceirizado foi hackeado.

Neste momento, não há anúncios sobre uma interrupção nos sistemas da USYD, no entanto, os alunos devem permanecer vigilantes e tratar as comunicações não solicitadas com cautela.

No início desta semana, a Universidade de Michigan anunciou que teve que interromper seus sistemas críticos de operação para lidar com um sério incidente de segurança cibernética.

Em junho, a Universidade de Manchester sofreu uma violação de dados em que hackers roubaram uma quantidade indefinida de dados de suas redes.

Ainda em 2023, gangues de ransomware atacaram e interromperam as operações da Universidade de Tecnologia de Queensland, da Universidade Aberta de Chipre e da Universidade Bluefield.

Publicidade

Curso gratuito de Python

O curso Python Básico da Solyd oferece uma rápida aproximação à linguagem Python com diversos projetos práticos. Indo do zero absoluto até a construção de suas primeiras ferramentas. Tenha também suporte e certificado gratuitos. Saiba mais...