Twitter removeu o código-fonte vazado online e está procurando por downloaders
28 de Março de 2023

O Twitter removeu o código-fonte interno de sua plataforma e ferramentas que foram vazados no GitHub por meses.

Agora, está usando uma intimação para procurar por aqueles que vazaram e baixaram seu código.

Na sexta-feira, o GitHub cumpriu uma notificação de violação da DMCA emitida pelo Twitter porque o vazamento expôs o código-fonte proprietário e as ferramentas internas, o que poderia representar um risco de segurança para o Twitter.

De acordo com a notificação da DMCA, o vazamento veio de alguém usando o nome "FreeSpeechEnthusiast", uma clara referência ao Elon Musk, que se autodenomina um "absolutista da liberdade de expressão" e sugere que a pessoa é um funcionário insatisfeito do Twitter.

Segundo um relatório do The New York Times, não está claro quando o código foi vazado, mas a publicação diz que "parecia estar público há pelo menos vários meses".

Como solução para a violação de direitos autorais, o Twitter indicou que o GitHub deveria fornecer informações sobre o histórico de acesso ao vazamento, provavelmente para determinar quem baixou ou copiou o código.

A conta do GitHub do vazador ainda está ativa, mas não tem mais nenhum repositório público.

No entanto, sua atividade anterior mostra que a primeira contribuição do usuário (por exemplo, comprometer-se com um repositório ou abrir uma discussão) foi em 3 de janeiro.

O Twitter está agora tentando usar uma intimação para obrigar o GitHub a fornecer informações de identificação sobre o usuário FreeSpeechEnthusiasm e qualquer pessoa que tenha acessado e distribuído o código-fonte vazado do Twitter, que seria usado para ações legais adicionais.

Em resposta ao BleepingComputer, o GitHub disse que não tinha mais nada a acrescentar, pois é a política geral da plataforma não comentar as decisões de remover conteúdo.

Não se sabe quantas pessoas acessaram ou baixaram o código-fonte vazado do Twitter, mas o vazamento pode ter repercussões para o Twitter, já que o código pode ser examinado em busca de vulnerabilidades potencialmente exploráveis.

O BleepingComputer entrou em contato com o Twitter com um pedido de comentário sobre o assunto, mas ainda não recebeu uma resposta significativa.

Em fevereiro de 2023, o proprietário e CEO do Twitter, Elon Musk, anunciou que a empresa abriria o algoritmo da plataforma em breve, embora um cronograma ainda não tenha sido definido.

No entanto, em 31 de março, é esperado que o Twitter abra o código usado para recomendar tweets, de acordo com uma mensagem na plataforma de Musk.

Publicidade

Hardware Hacking

Aprenda a criar dispositivos incríveis com o especialista Júlio Della Flora. Tenha acesso a aulas prática que te ensinarão o que há de mais moderno em gadgets de hacking e pentest. Se prepare para o mercado de pentest físico e de sistemas embarcados através da certificação SYH2. Saiba mais...