Polícia Federal vai investigar o uso de software espião pela Agência Brasileira de Inteligência (Abin)
17 de Março de 2023

O Ministro da Justiça, Flávio Dino, solicitou à Polícia Federal que investigue as denúncias contra a Agência Brasileira de Inteligência (Abin).

De acordo com o jornal O Globo, a agência teria espionado cidadãos brasileiros durante o governo Bolsonaro.

O ofício foi enviado pelo Ministro à PF na última quarta-feira (15), exigindo a apuração do caso.

Dino já havia anunciado publicamente a decisão durante a solenidade de anúncio do Programa Nacional de Segurança Pública.

No documento, Dino relatou que, da forma como os fatos se apresentam, eles podem “configurar crimes contra a Administração Pública e de associação criminosa”, entre outros.

A iniciativa vai de acordo com medidas do Ministério Público Federal (MPF), que também abriu procedimento para apurar o caso.

Após as acusações se tornarem públicas, a Abin confirmou em nota oficial que teria utilizado a ferramenta FirstMile entre dezembro de 2018 e maio de 2021.

O software possibilitava localizar com certa precisão a posição de qualquer pessoa, utilizando apenas seu número de celular.

A Abin, agora sob gestão da Casa Civil, tem por competência planejar, executar, coordenar, supervisionar e controlar as atividades de inteligência do País.

O Poder Executivo removeu a agência da estrutura militar antes mesmo da polêmica vir à tona.

Publicidade

Pentest do Zero ao Profissional

O mais completo curso de Pentest e Hacking existente no Brasil, ministrado por instrutores de referência no mercado. Oferece embasamento sólido em computação, redes, Linux e programação. Passe por todas as fases de um Pentest utilizando ambientes realísticos. Se prepare para o mercado através da certificação SYCP. Saiba mais...