Palmeiras investiga possível ataque hacker que poderia ter revelado informações confidenciais
26 de Março de 2024

O clube de futebol brasileiro Palmeiras se pronunciou após uma possível invasão em domingo (24).

Uma conta na rede social X, anteriormente conhecida como Twitter, divulgou supostas informações confidenciais do clube.

A conta revelou uma série de detalhes sobre contratos de jogadores e patrocinadores.

Eles foram adquiridos de uma maneira até agora desconhecida, mas que pode envolver contas do clube com privilégios de administrador.

Em nota, o Palmeiras diz que "tomou conhecimento da conduta criminosa de um usuário" e vai investigar o caso.

O clube não chegou a confirmar se as informações divulgadas são verídicas, mas não descarta abrir um processo judicial ou outro tipo de ação caso a invasão seja confirmada.

"Os departamentos técnicos foram prontamente acionados para investigar o ocorrido.

Se a invasão alegada realmente aconteceu, tomaremos todas as medidas cabíveis", diz a nota oficial.

A maioria das informações envolvia contratos de jogadores e outros funcionários, incluindo salários e condições para o pagamento de bônus.

A conta também postou conteúdos sobre o relacionamento do time de futebol com patrocinadores.

Os dados foram divulgados tanto em forma de texto quanto em capturas de tela.

A conta de Leila Pereira foi uma das possíveis vítimas da invasão.

Aparentemente, o acesso ocorreu por email: o invasor afirmou ter "exatamente 618 endereços de email do Palmeiras" — incluindo o de Leila Pereira, presidente do clube, atual chefe de delegação da Seleção Brasileira.

Ainda ontem, a conta do usuário na rede social X foi suspensa.

Publicidade

Já viu o Cyberpunk Guide?

Imagine voltar ao tempo dos e-zines e poder desfrutar de uma boa revista contendo as últimas novidades, mas na pegada hacking old school.
Acesse gratuitamente o Cyberpunk Guide e fique por dentro dos mais modernos dispositivos usados pelos hackers. Saiba mais...