Os EUA sancionam russo que lavou dinheiro para associado ao ransomware Ryuk
7 de Novembro de 2023

O Departamento do Tesouro dos EUA, por meio do Escritório de Controle de Ativos Estrangeiros (OFAC), sancionou a russa Ekaterina Zhdanova por lavagem de milhões em criptomoedas para diversos indivíduos, incluindo atores de ransomware.

Zhdanova usou sua expertise em criptomoedas e redes blockchain para movimentar dinheiro através de várias plataformas, como a Garantex (sancionada em abril de 2022 por apoiar o Hydra Market) para evadir controles "Anti-Lavagem de Dinheiro/Combate ao Financiamento do Terrorismo" (AML/CFT).

Um relatório da empresa de análise de blockchain Chainalisys forneceu informações adicionais sobre os negócios públicos de Zhdanova, os quais podem ou não fazer parte de seus esquemas complexos de lavagem de dinheiro.

Tanto a OFAC quanto a Chainalysis observam que Zhdanova também usou suas conexões com uma extensa rede global de outros lavadores de dinheiro para obscurecer ainda mais suas atividades financeiras e atender a uma clientela mais tradicional.

Acredita-se também que Zhdanova tenha lavado mais de $2.300.000 de suspeitos pagamentos de resgate feitos a um afiliado da operação de ransomware Ryuk.

A quadrilha Ryuk esteve ativa entre 2018 e 2021 e espalhou ataques a organizações em qualquer setor, inclusive a saúde durante a pandemia, extorquindo vítimas pelo valor máximo possível.

O sistema de Zhdanova para ocultar a origem ilegal do dinheiro do afiliado de Ryuk envolvia uma conta de investimento fraudulentamente aberta e a compra de imóveis.

Curiosamente, outro cidadão russo que lavou dinheiro para a quadrilha de ransomware Ryuk por três anos foi extraditado da Holanda e recentemente se declarou culpado nos EUA.

Além do ransomware, Zhdanova também ajudou oligarcas russos a evadir as sanções impostas pelo Ocidente em resposta à invasão da Rússia à Ucrânia.

Em um caso, ela facilitou a transferência de mais de $100 milhões em nome de um oligarca russo para os Emirados Árabes Unidos.

As autoridades também confirmaram vários casos em que ela organizou para clientes russos obterem residência fiscal nos EUA, cartões de identidade e contas bancárias.

Como resultado das sanções do OFAC, Ekaterina Zhdanova terá todos os seus ativos baseados nos EUA congelados, sendo proibida para pessoas e entidades dos EUA a realização de qualquer transação com ela.

Publicidade

Curso gratuito de Python

O curso Python Básico da Solyd oferece uma rápida aproximação à linguagem Python com diversos projetos práticos. Indo do zero absoluto até a construção de suas primeiras ferramentas. Tenha também suporte e certificado gratuitos. Saiba mais...