O Google Chrome adiciona varreduras em segundo plano para senhas comprometidas
25 de Dezembro de 2023

O Google diz que a função Verificação de Segurança do Chrome funcionará em segundo plano para verificar se as senhas salvas no navegador da web foram comprometidas.

O Chrome também alertará os usuários de desktop se eles estiverem usando extensões marcadas como perigosas (retiradas da Chrome Web Store), a versão mais recente do Chrome ou se a Navegação Segura está habilitada para bloquear sites na lista do Google de sites potencialmente inseguros.

"A Verificação de Segurança para o Chrome no desktop agora será executada automaticamente em segundo plano", disse Sabine Borsay, gerente de produto do grupo Chrome.

"Esses alertas aparecerão no menu de três pontos no Chrome para que você possa tomar uma ação."

Além disso, o Google ampliará a funcionalidade da Verificação de Segurança para revogar automaticamente as permissões, como acesso à localização dos usuários ou ao microfone, para sites que não foram visitados por um longo período.

A Verificação de Segurança também está sendo atualizada para sinalizar sites menos engajados que mostram um número excessivo de notificações e permitir que os usuários as desativem rapidamente.

Revelada em dezembro de 2020, a Verificação de Segurança compara as credenciais de login com as expostas em vazamentos de dados.

Ela também verifica senhas fracas e fáceis de adivinhar que expõem os usuários a ataques de força bruta ou tentativas de quebra de senha.

Nas próximas semanas, o Google também introduzirá um novo recurso do Chrome que permite aos usuários de desktop salvar grupos de abas e retomar a navegação em outros dispositivos de desktop.

Os controles de desempenho do Chrome, como o modo Memory Saver, também estão sendo atualizados com mais informações sobre como eles tornam a navegação do navegador mais suave.

"Recentemente, adicionamos mais detalhes sobre o uso de memória das suas abas quando você passa o mouse sobre elas no modo Memory Saver, incluindo a memória potencialmente economizada quando ficam inativas.

E facilitamos a especificação dos sites que devem permanecer sempre ativos", disse Borsay.

O Google melhorou ainda mais a segurança na internet dos usuários do Chrome, atualizando automaticamente todas as solicitações HTTP inseguras para solicitações HTTPS.

Um lançamento limitado desta funcionalidade começou em julho, mas a partir de outubro de 2023, agora foi lançada para todos os usuários no canal Estável.

A empresa também anunciou em setembro que o recurso de Navegação Segura habilitou a proteção contra phishing em tempo real para todos os usuários, utilizando uma lista localmente armazenada de URLs conhecidos por serem maliciosos.

Publicidade

Curso gratuito de Python

O curso Python Básico da Solyd oferece uma rápida aproximação à linguagem Python com diversos projetos práticos. Indo do zero absoluto até a construção de suas primeiras ferramentas. Tenha também suporte e certificado gratuitos. Saiba mais...