Hackers russos atacam empresa espanhola
6 de Junho de 2024

A Santa Barbara Systems, localizada na Espanha, está atualmente envolvida na modernização de tanques Leopard que, em breve, serão enviados ao exército ucraniano para utilização no conflito armado com a Rússia.

Essa unidade é parte integrante da General Dynamics, um grande conglomerado de defesa dos Estados Unidos, e recentemente foi visada por um ataque cibernético perpetrado por um grupo originário da Rússia.

Um representante da companhia relatou que os cibercriminosos conseguiram tirar o website da empresa do ar.

No entanto, ele assegurou que todas as operações da General Dynamics na Europa continuam operando sem interrupções.

A Santa Barbara Systems é especializada na montagem de veículos militares pesados para as forças armadas espanholas, incluindo os tanques Leopard e diversos equipamentos de artilharia.

Atualmente, a empresa também está focada na reforma de tanques que serão fornecidos ao exército da Ucrânia, conforme informado pelo Ministério da Defesa da Espanha.

Na semana passada, foi anunciado pelo governo espanhol a concessão de um apoio militar superior a um bilhão de euros à Ucrânia, contemplando a entrega de 19 tanques Leopard 2A4.

Um grupo russo reivindicou a autoria de um ataque cibernético que resultou na queda do site.

Hackers de origem russa foram acusados de furtar código-fonte da Microsoft, de acordo com declarações da própria empresa.

Estes mesmos cibercriminosos exploraram uma vulnerabilidade na Microsoft para acessar e extrair e-mails do governo dos EUA.

Em um caso de ciberataque, hackers russos conseguiram interromper os serviços de uma operadora de telecomunicações na Ucrânia.

O grupo de cibercriminosos russos NoName assumiu a responsabilidade pelo ataque DDoS.

Por meio de uma publicação no Telegram, os hackers declararam que o objetivo era atingir "sites da Espanha russófoba".

Este tipo de ataque utiliza grandes quantidades de tráfego de internet direcionados a servidores específicos, com a finalidade de sobrecarregá-los e tirá-los do ar.

No mês anterior, a OTAN acusou a Rússia de estar envolvida numa campanha intensiva de ataques híbridos contra corporações e infraestrutura crítica nos países membros da aliança militar.

Moscou refutou todas as alegações, classificando-as como “desinformação”.

Publicidade

Cuidado com o deauth, a tropa do SYWP vai te pegar

A primeira certificação prática brasileira de wireless hacking veio para mudar o ensino na técnica no país, apresentando labs práticos e uma certificação hands-on.
Todas as técnicas de pentest wi-fi reunidos em um curso didático e definitivo. Saiba mais...