FTC Revela: Americanos Perderam US$ 1,1 Bilhão em Golpes de Falsificação de Identidade em 2023
2 de Abril de 2024

Golpes de impostura nos EUA ultrapassaram $1,1 bilhão em prejuízos no ano passado, segundo estatísticas coletadas pela Comissão Federal de Comércio (FTC), uma cifra que é três vezes maior do que em 2020.

A agência compilou esses dados baseados em 490.000 golpes relatados em 2023.

Desses, 330.000 foram queixas de impostura empresarial e o restante representa incidentes de impostura governamental.

Segundo a agência, a maioria dos golpes foi conduzida via chamadas telefônicas, atualmente em declínio, seguidas por e-mail e mensagens de texto, que estão em ascensão pelo terceiro ano consecutivo.

"Os relatórios mostram uma linha cada vez mais borrada entre golpes de impostura empresarial e governamental", diz o relatório da FTC.

"Muitos golpistas se passam por mais de uma organização em um único golpe – por exemplo, um falso funcionário da Amazon pode transferi-lo para um falso banco ou até mesmo um falso funcionário do FBI ou da FTC para obter ajuda falsa."

Os cinco principais tipos de golpes destacados pela FTC são:

Alertas de Segurança de Conta Falsificados: Golpistas enviam alertas falsos sobre atividade não autorizada na conta, enganando vítimas a transferirem fundos para proteção.

Renovações Falsas de Assinatura: E-mails alegam que uma assinatura que você nunca teve está se renovando, induzindo você a um golpe de reembolso que envolve devolver quantias excessivamente reembolsadas via cartões-presente.

Sorteios Falsos, Descontos ou Dinheiro a Reivindicar: Golpes oferecem descontos ou sorteios falsos de marcas conhecidas, levando as vítimas a comprar cartões-presente ou enviar dinheiro para reivindicar as ofertas inexistentes.

Problemas Jurídicos Inventados: Impostores afirmam que você está implicado em um crime, pressionando você a mover dinheiro ou comprar cartões-presente sob o pretexto de resolver o problema.

Problemas de Entrega de Pacotes Inventados: Mensagens fraudulentas de transportadoras sobre problemas de entrega, visando roubar informações de cartão de crédito ou detalhes de contas sob o pretexto de resolver um problema de entrega.

A agência oferece dicas para os consumidores se protegerem contra esse tipo de fraude, que incluem evitar clicar em URLs que chegam por comunicações não solicitadas, desconfiar de pedidos de transferências de dinheiro e tomar tempo para verificar comunicações suspeitas.

Simultaneamente, a FTC anunciou hoje que novas regras de impostura estão entrando em vigor.

Essas regras visam dar à agência capacidades aprimoradas para perseguir golpistas em tribunais federais por penalidades civis e restituição.

Como observado em um comunicado de imprensa publicado há dois meses, a FTC terá o poder de buscar diretamente alívio monetário de golpistas que usam selos governamentais e logotipos empresariais forjados, endereços de email e web empresariais e governamentais falsificados, e falsamente implicam afiliação com eles.

Publicidade

Já viu o Cyberpunk Guide?

Imagine voltar ao tempo dos e-zines e poder desfrutar de uma boa revista contendo as últimas novidades, mas na pegada hacking old school.
Acesse gratuitamente o Cyberpunk Guide e fique por dentro dos mais modernos dispositivos usados pelos hackers. Saiba mais...