FBI confiscou 9 exchanges de criptomoedas usadas para lavagem de dinheiro de resgate de ransomware
3 de Maio de 2023

O FBI e a polícia ucraniana apreenderam nove sites de câmbio de criptomoedas que facilitavam a lavagem de dinheiro para golpistas e cibercriminosos, incluindo atores de ransomware.

Em seu anúncio, o FBI afirma que a operação foi realizada com a ajuda da Virtual Currency Response Team, da Polícia Nacional da Ucrânia e de promotores legais do país.

Os nove sites e seus servidores apreendidos nesta operação são: [lista de sites].

Os sites apreendidos permitiam que os usuários convertessem anonimamente criptomoedas em moedas mais difíceis de rastrear para obscurecer o rastro do dinheiro e ajudar os cibercriminosos a lavar seus roubos sem serem rastreados pela aplicação da lei.

A maioria dessas plataformas oferecia aos usuários suporte ao vivo e instruções em russo e inglês, abrangendo uma ampla variedade de comunidades cibercriminosas.

"As bolsas de criptomoedas não conformes, que têm um programa frouxo de lavagem de dinheiro ou coletam informações mínimas ou nenhuma informação sobre seus clientes, servem como importantes hubs no ecossistema cibercriminoso e operam em violação do Título 18 do Código dos Estados Unidos, Seções 1960 e 1956", diz o anúncio do FBI.

"Ao fornecer esses serviços, as bolsas de criptomoedas apoiam conscientemente as atividades criminosas de seus clientes e se tornam co-conspiradoras em esquemas criminosos." Os servidores dos sites estavam localizados nos Estados Unidos, Ucrânia e vários países europeus e também foram apreendidos durante a operação policial.

A infraestrutura apreendida pode ser analisada pela aplicação da lei para desmascarar cibercriminosos que lavaram dinheiro por meio dos sites, potencialmente levando a mais prisões no futuro.

As repressões às redes de lavagem de dinheiro de criptomoedas são muito importantes, já que essas plataformas permitem que os hackers continuem suas atividades de extorsão sem serem incomodados e usem os fundos roubados no mundo real.

Ao desmantelar esses serviços, as agências de aplicação da lei não apenas impedem as operações financeiras de grupos de ransomware, mas também enviam uma mensagem forte aos operadores dessas plataformas de que atividades ilegais ou suspeitas não serão toleradas.

Em março de 2023, o FBI, juntamente com a Europol e a polícia alemã, apreendeu o serviço de mistura de criptomoedas 'ChipMixer', que era usado por hackers, gangues de ransomware e golpistas para lavar seus lucros.

Mais recentemente, em 24 de abril de 2023, o Escritório de Controle de Ativos Estrangeiros (OFAC) do Departamento do Tesouro dos EUA sancionou corretores que apoiavam redes norte-coreanas de lavagem de criptomoedas.

Finalmente, no início do ano, o Departamento de Justiça dos EUA prendeu o fundador da Bizlato, uma bolsa de criptomoedas registrada em Hong Kong, por acusações de ajudar cibercriminosos a lavar dinheiro obtido ilegalmente.

Publicidade

Aprenda hacking e pentest na prática com esse curso gratuito

Passe por todas as principais fases de um pentest, utilizando cenários, domínios e técnicas reais utilizados no dia a dia de um hacker ético. Conte ainda com certificado e suporte, tudo 100% gratuito. Saiba mais...