FBI alerta sobre golpes com criptomoedas
26 de Junho de 2024

O FBI está alertando sobre cibercriminosos que se passam por escritórios de advocacia e advogados, oferecendo serviços de recuperação de criptomoedas para vítimas de golpes de investimento e, assim, roubando fundos e informações pessoais.

O último alerta é uma atualização de um aviso semelhante do Internet Crime Complaint Center (IC3) da agência, que alertava sobre um aumento nos golpes envolvendo serviços falsos de recuperação de ativos digitais.

O FBI afirma que os fraudadores enganam as vítimas quanto à legitimidade do serviço, alegando uma colaboração com agências governamentais como o próprio FBI e o Consumer Financial Protection Bureau (CFPB).

Eles também constroem credibilidade ao referenciar instituições financeiras reais e casas de câmbio em suas comunicações com as vítimas.

Essa tática confere uma falsa sensação de autorização e capacidade para rastrear e recuperar fundos perdidos.

Segundo o FBI, entre as reivindicações comuns dos golpistas estão:

- Solicitar às vítimas que forneçam informações pessoais ou bancárias para recuperar seu dinheiro.
- Solicitar às vítimas que indiquem o valor da indenização que buscam do fraudador inicial.
- Solicitar às vítimas que paguem uma parte das taxas adiantadas, com o saldo devido quando os fundos forem recuperados.
- Direcionar as vítimas a pagar impostos atrasados e outras taxas para recuperar seus fundos.

O fenômeno tem aumentado recentemente, com estatísticas do IC3 mostrando que vítimas de golpes secundários de recuperação de criptomoeda pagaram mais de $9 milhões a fraudadores entre fevereiro de 2023 e fevereiro de 2024.

Autoridades estaduais e agências de inteligência federais podem, sob certas circunstâncias, rastrear cripto roubadas, congelá-las e, possivelmente, desviá-las para carteiras seguras para serem redistribuídas de volta às vítimas.

No entanto, esses serviços são oferecidos gratuitamente e as vítimas não são contatadas proativamente com pedidos para fornecer mais informações pessoais ou pagar taxas.

É importante ressaltar que nenhuma entidade do setor privado está autorizada a emitir ordens de apreensão, portanto, qualquer pessoa que faça tais reivindicações em redes sociais, anúncios na internet e comentários provavelmente é um golpista à procura de novas vítimas.

Sempre que alguém se deparar com alegações sobre a capacidade de recuperar cripto roubadas, deve pesquisar profundamente a empresa on-line antes de compartilhar qualquer informação pessoal ou enviar pagamentos.

Se você foi vítima de golpes ou suspeita que foi contatado por fraudadores, é recomendável que registre um relatório no portal do IC3, incluindo tantos detalhes quanto possível sobre o golpista e informações sobre a transação financeira.

Publicidade

Curso gratuito de Python

O curso Python Básico da Solyd oferece uma rápida aproximação à linguagem Python com diversos projetos práticos. Indo do zero absoluto até a construção de suas primeiras ferramentas. Tenha também suporte e certificado gratuitos. Saiba mais...