Equipe Criminal IP se une com a PolySwarm para fortalecer a detecção de ameaças
15 de Agosto de 2023

Na constante evolução do cenário digital de hoje, a efetividade no reconhecimento de malware continua sendo fundamental.

Com o aumento das ameaças cibernéticas, a cibersegurança serve como um escudo crucial contra invasões e comprometimentos de dados.

PolySwarm, com a integração da tecnologia blockchain, dá um passo significativo no aprimoramento das habilidades de detecção de malware.

Utilizando a potência de mecanismos colaborativos de detecção de ameaças, a plataforma impulsiona metodologias inovadoras para fortificar as defesas contra estas ameaças em evolução.

Este esforço coletivo agora acolheu uma nova adição - o mecanismo de pesquisa de Inteligência de Ameaças Cibernéticas - Criminal IP – dentro da vasta rede de mecanismos de detecção da PolySwarm.

No coração da abordagem inovadora da PolySwarm encontram-se detecções especializadas, facilitadas por micro motores meticulosamente adaptados a categorias específicas de ameaças.

Estes micro motores são perfeitamente projetados e supervisionados por uma vasta comunidade de profissionais de segurança, possibilitando a eficiente degradação de tarefas de detecção de ameaças.

Criados por diversos especialistas, esses motores de detecção focados efetivamente direcionam ameaças especificas, incluindo malware, phishing e ransomware.

A expertise da Criminal IP pretende ampliar a agregação e validação de dados criticamente ameaçadores.

A adição da Criminal IP como um novo participante na detecção de URL maliciosos da PolySwarm representa um grande avanço na identificação de ameaças especializadas.

Com a utilização de micro motores elaborados precisamente desenvolvidos por uma comunidade diversificada de segurança, a Polyswarm emprega estratégias para lidar com diversas categorias de ameaças, aumentando assim a precisão da detecção de ameaças.

Além disso, a contribuição da Criminal IP para a agregação e validação de dados de ameaças tem um papel crucial na identificação das ameaças autênticas enquanto minimiza resultados falsos.

Criminal IP lançou seu serviço global de cibersegurança em 17 de abril de 2023, após um bem-sucedido ano de fase beta.

A empresa estabeleceu parcerias técnicas e comerciais com renomadas empresas globais de segurança, incluindo VirusTotal, Splunk, Anomali, LogRhythm, Datadog, entre outras.

Além disso, a Criminal IP recentemente divulgou uma página de referência do GitHub, apresentando exemplos de códigos que utilizam a API da Criminal IP.

Com suporte para cinco idiomas: inglês, francês, árabe, coreano e japonês, a plataforma garante um uso sem interrupções de todos os serviços da Criminal IP, atendendo a uma base diversificada de usuários.

Publicidade

Aprenda hacking e pentest na prática com esse curso gratuito

Passe por todas as principais fases de um pentest, utilizando cenários, domínios e técnicas reais utilizados no dia a dia de um hacker ético. Conte ainda com certificado e suporte, tudo 100% gratuito. Saiba mais...