Detecta, o sistema de monitoramento burlado pelo PCC
27 de Março de 2023

Uma investigação da Polícia Federal descobriu que o Primeiro Comando da Capital (PCC) tinha acesso a informações do programa de inteligência e monitoramento por câmeras do governo de São Paulo, o Detecta.

Em mensagens de áudio obtidas pela polícia, um suspeito pede informações sobre uma viatura através do Detecta.

O sistema, desenvolvido pela Microsoft e implantado em 2014, tem mais de 3 mil câmeras instaladas em cerca de 1.500 pontos do estado de São Paulo.

Ele é um sistema integrador de informações que auxilia na tomada de decisões das polícias Militar, Civil e Científica em atividades operacionais e investigativas.

O Detecta utiliza equipamentos de Leitores Automáticos de Placas (LAP), imagens de videomonitoramento e Vídeo Analítico (VA).

O sistema armazena dados das polícias Civil e Militar, além de diversos bancos, como o Registro Digital de Ocorrências (RDO), Instituto de Identificação (IIRGD) e Carteira Nacional de Habilitação (CNH) do Detran.

A Secretaria da Segurança Pública determinou uma investigação rigorosa pela Polícia Civil e, se confirmada alguma irregularidade, o responsável será responsabilizado criminalmente.

Publicidade

Pentest do Zero ao Profissional

O mais completo curso de Pentest e Hacking existente no Brasil, ministrado por instrutores de referência no mercado. Oferece embasamento sólido em computação, redes, Linux e programação. Passe por todas as fases de um Pentest utilizando ambientes realísticos. Se prepare para o mercado através da certificação SYCP. Saiba mais...