Americanos estão mais preocupados com IA, aponta pesquisa
30 de Agosto de 2023

Os americanos estão mais preocupados com a inteligência artificial nos últimos meses.

A conclusão é de uma pesquisa do Pew Research Center que mostrou que 52% dos participantes disseram sentir mais medo do que entusiasmo em relação ao avanço da IA.

De acordo com a pesquisa, o número de pessoas que responderam estar preocupadas com a inteligência artificial representa um aumento de 14 pontos em relação à pesquisa realizada em dezembro do ano passado.

Apenas 10% se dizem mais animados do que preocupados, enquanto outros 36% descreveram suas opiniões como igualmente equilibradas.

“A preocupação com a IA supera a empolgação em todos os principais grupos demográficos”, afirmou o Pew Research Center.

A última pesquisa realizada sobre a percepção da população em relação à inteligência artificial ocorreu em dezembro de 2022, segundo informações da Engadget.

De lá para cá, o ChatGPT, da OpenAI, por exemplo, ganhou um grande espaço no mundo corporativo e também nas casas das pessoas.

Uma verdadeira corrida de IA começou e vários concorrentes surgiram.

A Microsoft conectou o GPT-4 ao Office e ao Windows, e o Google lançou seu chatbot Bard, ao mesmo tempo em que adicionava componentes de IA à pesquisa.

O uso da tecnologia já está presente na escrita de livros, produção de músicas e até na criação de campanhas publicitárias e políticas.

Mas tudo isso levou a grandes discussões sobre riscos à privacidade, violação de direitos autorais, entre outros problemas.

Segundo o Pew Research Center, embora os americanos mais jovens ainda estejam mais preocupados do que animados, suas opiniões tendem a ser mais positivas do que as de suas contrapartes mais velhas.

Entre os participantes entre 18 e 29 anos, 42% estão mais temerosos em relação ao “uso crescente de IA na vida cotidiana” e 17% estão mais entusiasmados.

Mas entre os adultos com 65 anos ou mais, 61% dizem que estão principalmente preocupados, enquanto a empolgação prevalece em apenas 4% das respostas.

A pesquisa também levantou questões sobre o conhecimento em relação à IA.

O resultado foi que quanto mais as pessoas ouvem sobre a crescente adoção da tecnologia, mais desconfortáveis se sentem.

Cerca de 90% dos adultos ouviram muito (33%) ou pouco (56%) sobre inteligência artificial.

Aqueles que ouviram muito estão mais propensos a ficar preocupados do que em dezembro: a ansiedade supera o entusiasmo (47% a 15%).

No ano passado, eram 31% e 23%.

E mesmo aqueles que só ouviram um pouco sobre a IA tendem a ter uma visão mais negativa do que em dezembro.

Publicidade

Pentest do Zero ao Profissional

O mais completo curso de Pentest e Hacking existente no Brasil, ministrado por instrutores de referência no mercado. Oferece embasamento sólido em computação, redes, Linux e programação. Passe por todas as fases de um Pentest utilizando ambientes realísticos. Se prepare para o mercado através da certificação SYCP. Saiba mais...