Administrador do fórum de hacking BreachForums é condenado a 20 anos de liberdade supervisionada
22 de Janeiro de 2024

Conor Brian Fitzpatrick foi condenado hoje a 20 anos de liberdade supervisionada no Distrito Leste da Virgínia por operar o notório fórum de hacking BreachForums, conhecido pela venda e vazamento de dados pessoais de centenas de milhões de pessoas ao redor do mundo.

Fitzpatrick foi acusado em março de 2023 por seu envolvimento no roubo e venda de informações pessoais sensíveis pertencentes a "milhões de cidadãos dos EUA e centenas de empresas, organizações e agências governamentais dos EUA e estrangeiras" no fórum de cybercrime Breached.

Operando online sob o nome de "Pompompurin", Fitzpatrick fazia parte de um submundo cibercriminoso dedicado a invadir empresas e vender ou vazar seus dados roubados online.

Para facilitar a venda e o compartilhamento de dados roubados, Fitzpatrick criou um fórum online chamado BreachForums, onde os dados de milhões de indivíduos em todo o mundo eram comumente vazados ou vendidos para outros atores de ameaças.

Fitzpatrick já havia se declarado culpado de 1 acusação de Conspiração para Cometer Fraude de Dispositivo de Acesso, duas acusações de Solicitação para o Propósito de Oferecer Acesso, e três acusações de Posse de Pornografia Infantil.

Em um memorando de sentença apresentado pelos promotores dos EUA em 16 de janeiro, o governo dos EUA buscou 188 meses, aproximadamente 15,7 anos, de prisão para Fitzpatrick.

No entanto, conforme primeiro relatado pelo VX-Underground e posteriormente confirmado pelo BleepingComputer, os tribunais mostraram leniência hoje, condenando Fitzpatrick ao tempo cumprido e 20 anos de liberdade supervisionada.

Como parte das condições de sentença, Fitzpatrick cumprirá os dois primeiros anos de sua liberação em prisão domiciliar com um localizador GPS e receberá tratamento de saúde mental.

Fitzpatrick também é impedido de usar a internet em seu primeiro ano de liberação e deve permitir que o oficial de condicional instale software de monitoramento em seu computador.

"O réu não terá acesso à internet dentro do primeiro ano de sua liberação supervisionada", lê-se na sentença.

"Depois desse ano, o réu não poderá vender ou oferecer para vender qualquer item na internet para outra pessoa ou entidade sem pré-aprovação e autorização do tribunal ou oficial de condicional.

Isso inclui, mas não se limita a, vender itens em sites de leilão na internet."

Os tribunais exigem que Fitzpatrick pague uma indenização pelas perdas das vítimas, com o valor a ser determinado em uma data posterior.

Publicidade

Cuidado com o deauth, a tropa do SYWP vai te pegar

A primeira certificação prática brasileira de wireless hacking veio para mudar o ensino na técnica no país, apresentando labs práticos e uma certificação hands-on.
Todas as técnicas de pentest wi-fi reunidos em um curso didático e definitivo. Saiba mais...