Administrador do BreachForums é preso novamente por usar VPN e PC não monitorado
8 de Janeiro de 2024

O administrador por trás do notório fórum de hacking BreachForums foi novamente preso por violar as condições de liberação pré-julgamento, incluindo o uso de um computador não monitorado e uma VPN.

O administrador do BreachForums, Conor Fitzpatrick, foi preso em 15 de março, quando admitiu abertamente sem a presença de um advogado que era um ator de ameaças conhecido como Pompompurin, que era o administrador do fórum defunto de hacking BreachForums.

Pompompurin tem sido um ator de ameaças bem conhecido em uma comunidade cibercriminosa dedicada a violar empresas e vender ou vazar dados roubados por meio de fóruns e mídias sociais.

Ele também era um membro de alto perfil do fórum de cybercrime RaidForums.

Depois que o FBI apreendeu o RaidForums em 2022, Pompompurin criou um novo fórum chamado 'BreachForums', que foi usado para continuar vazando dados roubados.

Fitzpatrick foi acusado de roubo e venda de informações pessoais sensíveis pertencentes a "milhões de cidadãos dos EUA e centenas de empresas, organizações e agências governamentais dos EUA e estrangeiras".

Fitzpatrick foi solto um dia depois sob uma fiança de US$ 300.000 e sob várias condições pré-julgamento, incluindo não visitar o site BreachForums ou ter contato com qualquer usuário ou co-conspirador do BreachForums, a menos que supervisionado por um advogado.

Ordens posteriores da corte adicionaram condições adicionais de liberação pré-julgamento, incluindo:

"O réu não deve acessar um computador e/ou a internet a menos que um programa de monitoramento de computador tenha sido instalado pelo escritório de serviços pré-julgamento.

O réu deve consentir com a instalação de software de monitoramento de computador em qualquer computador ao qual o réu tenha acesso.

A instalação será realizada pelo oficial de serviços pré-julgamento.

O software pode restringir e/ou registrar toda e qualquer atividade no computador, incluindo a captação de teclas, informações de aplicativos, histórico de uso da internet, correspondência por e-mail e conversas de bate-papo."

"O réu não deve acessar sites ou contas focados em dados violados, vazados ou roubados, hacking de computadores, pesquisa de segurança, malware, programação de computadores, domínios, cybercrime, Caso 1:23-cr-00119-TSE Documento 38 arquivado em 07/13/23 Página 1 de 2 PageID# 187 ofuscação online, ou redes de computadores, sem aprovação prévia da condicional."

"O réu não deve usar ferramentas para ofuscar sua identidade, como redes privadas virtuais (VPNs), o roteador de cebola (Tor) ou proxies."

Em uma Renúncia de Apresentação Rápida assinada pelo réu no Distrito Sul de Nova York, foi divulgado que Fitzpatrick foi preso em 2 de janeiro por violar as condições de sua liberação pré-julgamento.

"Fui preso hoje em conexão com uma petição apresentada ao juiz da corte distrital dos Estados Unidos, T.S.

Ellis, III, pela oficial supervisora de condicional dos EUA, Kimberly Hess", lê-se no documento judicial.

"Entendo que a petição alega certas violações das condições de minha liberação pré-julgamento, incluindo o uso de um computador sem o software de monitoramento necessário e acesso a serviços de VPN."

Fitzpatrick permanecerá sob custódia até ser apresentado a um tribunal do Distrito Leste da Virgínia.

Publicidade

Cuidado com o deauth, a tropa do SYWP vai te pegar

A primeira certificação prática brasileira de wireless hacking veio para mudar o ensino na técnica no país, apresentando labs práticos e uma certificação hands-on.
Todas as técnicas de pentest wi-fi reunidos em um curso didático e definitivo. Saiba mais...