A cidade de Majorca, Calvià, é extorquida por $11M em ataque de ransomware
17 de Janeiro de 2024

A Prefeitura de Calvià em Majorca anunciou que foi alvo de um ataque de ransomware no sábado, que afetou os serviços municipais.

Calvià é uma cidade histórica na ilha espanhola de Majorca com uma população de 50.000 habitantes e é um dos principais pontos turísticos de Majorca, estimado para receber 1,6 milhão de visitas anualmente.

Durante o fim de semana, um ciberataque atingiu os sistemas de Calvià, forçando o conselho a formar um comitê de crise para avaliar os danos causados e formular planos de mitigação de impacto.

"A Prefeitura de Calvià está trabalhando para restaurar a normalidade o mais rápido possível, após ter sido o alvo, nas primeiras horas do último sábado, de um ciberataque de ransomware, através do qual eles pretendem extorquir o conselho," diz o anúncio de Calvià.

O prefeito Juan Antonio Amengual declarou que uma equipe de especialistas em TI está atualmente realizando uma análise forense para estimar a extensão do acesso não autorizado e recuperar os sistemas e serviços afetados.

Os problemas de TI fizeram com que a Cidade suspendesse qualquer prazo administrativo para a apresentação de alegações, solicitações, etc, até 31 de janeiro de 2024.

Os cidadãos que precisam urgentemente submeter qualquer documento para registro ainda podem fazê-lo através do portal da Administração Geral do Estado.

Enquanto isso, o município informou ao departamento de cibercrime da polícia sobre o incidente e apresentou as reclamações necessárias, juntamente com informações de análise forense preliminar.

O anúncio conclui com uma declaração de arrependimento pelo inconveniente, lembrando as pessoas que os serviços aos cidadãos ainda podem ser alcançados por telefone.

"O Conselho Municipal lamenta profundamente o incômodo que esta situação pode causar e reitera seu firme compromisso de resolver a situação atual da forma mais ordenada, rápida e eficiente possível", lê-se na declaração.

"De qualquer forma, a comunicação telefônica e presencial é mantida normalmente."

No momento da redação deste texto, nenhum dos principais grupos de ransomware assumiu responsabilidade pelo ataque em Calvià, então os autores permanecem desconhecidos.

No entanto, um veículo de mídia local descobriu que o resgate estabelecido pelos cibercriminosos é de €10.000.000, aproximadamente $11M.

O prefeito disse à imprensa local que o município não pagaria o resgate em nenhuma circunstância.

O ransomware representa um risco significativo para entidades de todos os tamanhos, incluindo pequenas cidades, destacando uma preocupação crescente na paisagem digital de hoje.

Tais ataques podem desordenar serviços municipais vitais, levando a grandes interrupções nas operações diárias e serviços públicos.

As repercussões seriam ainda mais graves se tal ataque ocorresse durante a alta temporada turística.

Publicidade

Curso gratuito de Python

O curso Python Básico da Solyd oferece uma rápida aproximação à linguagem Python com diversos projetos práticos. Indo do zero absoluto até a construção de suas primeiras ferramentas. Tenha também suporte e certificado gratuitos. Saiba mais...