Nano robôs combatem câncer

“Um grande avanço na nanomedicina, os cientistas da Universidade do Estado do Arizona (ASU), em parceria com pesquisadores do Centro Nacional de Nanociências e Tecnologia (NCNST), da Academia Chinesa de Ciências, a tecnologia combate o tumor cortando o suprimento de sangue das células cancerosas – sem afetar as células saudáveis.”

Ao bloquear o suprimento de sangue, os nano robôs causam a morte do tecido, que resulta na redução do tumor. Os nano robôs foram desenvolvidos pelos cientistas da Universidade Estadual do Arizona.

Foram realizados testes em ratos injetando células cancerosas humanas, as nano máquinas tiveram sucesso contra câncer de mama, de pele, ovário e pulmonar. Os pesquisadores acreditam que o sucesso deve se repetir em outros casos. Os nano robôs não afetaram a circulação sanguínea nem a morfologia das células. Mais importante, não há evidências de que as máquinas microscópicas se espalharam para os cérebros das cobaias, onde poderia por ventura ocorrer um derrame.

Líder do projeto é especialista em "DNA origami", campo da nanociência que estuda as formas das máquinas microscópicas.
Líder do projeto é especialista em “DNA origami”, campo da nanociência que estuda as formas das máquinas microscópicas.

Na prática

O caso de uso mais imediato dos robôs é o de administrar medicamentos de maneira mais precisa. Por exemplo: se o paciente tem um tumor maligno, os robozinhos podem levar drogas quimioterápicas diretamente para as células cancerígenas. Isso poderia substituir tratamentos como quimioterapia, nos quais as drogas circulam por todo o corpo do paciente e provocam efeitos colaterais às vezes tão negativos quanto os sintomas da doença.

Leia mais:
https://www.sciencedaily.com/releases/2018/02/180212112000.htm
http://www.independent.co.uk/news/health/cancer-hunt-nanorobots-tumours-shrink-cut-off-blood-supply-robots-treatment-a8206801.html