Dicas para começar na carreira de programador

Decidi fazer este artigo com o intuito de tirar dúvidas e ensinar a verdadeira essência da programação. Pode parecer que não, mas muitas pessoas têm dificuldade em relação à programação seja ela qual for. Lembrando que, esse artigo é voltado para pessoas com pouco conhecimento no mundo da programação.

 A dúvida começa quando você descobre mais de uma linguagem pra se trabalhar, então você pensa, “devo aprender todas essas linguagens para poder criar um programa?”, eu digo que não, isso mesmo, para compreender melhor eu irei dar um exemplo básico: imagine que você tenha uma receita de bolo e no modo de preparo você tem duas opções, bater o bolo na batedeira ou bater o bolo na mão, concordamos que o bolo é o mesmo o que diferencia é o modo de preparo. Na programação é a mesma coisa, a receita é a programação, as opções são as linguagens.

O que é programação?

Mas afinal, você sabe o que realmente é a programação? Vou dar um exemplo, às vezes o pessoal sabe fazer sites com HTML e CSS, sabe colocar WordPress no ar, trocar o plugin mas tudo isso não é programação. Programação é você usar uma linguagem de programação para resolver problemas ou automatizar tarefas. HTML e CSS apesar de apresentarem códigos, não são consideradas linguagens de programação. WordPress por outro lado é um sistema bem completo de gerenciamento de conteúdo (CMS) que foi criado com uma linguagem de programação, no caso, o nosso famoso PHP.

Essas são as dicas mais valiosas que eu adquiri nesse tempinho de programação

  • Comece pelo básico

Um passo de cada vez pequeno aprendiz.

  • Aprenda constantemente

Estudar é uma constante na vida de um programador, é preciso ler, pesquisar, investigar, desvendar, duvidar… quanto mais você aprender, mais perceberá que não sabe muito. É comum o programador iniciante achar que sabe tudo, porque ele ainda não percebeu a complexidade de coisas ainda a aprender. Os melhores programadores que conheço são humildes, não se gabam do que sabem justamente porque entendem que só conhecem a ponta do iceberg.

  • Não desista, mesmo que pareça difícil

Se o programa não compilou, tome mais café.

  • Invista em uma boa base lógica

Este é o ponto, o programador resolve problemas utilizando código para transcrever um raciocínio lógico. Não acredito ser possível alguém ir muito longe na programação se não tiver esta forma de pensar, com uma visão sistêmica.

  • Tenha certeza de que você está na profissão certa

Parece estranho, mas se você está na profissão certa você sempre vai ter prazer no que faz. Ficar até de madruga pesquisando coisas novas, procurando referências ou caçando a solução daquele bug. Virar noite resolvendo bronca, mas esquecer de toda a dor de cabeça quando o projeto for ao ar. Caso contrario, se isso te irrita, você está fazendo errado, você precisa gostar do que faz, porque vai evoluir, ser mais cobrado e vai ficar mais irritado pela cobrança ou vai fugir dessa evolução. Com o tempo esses problemas vão consumir você. Você vai querer pular fora, e começar outra profissão do zero vai ser “foda”, mas se isso for bom para você, siga em frente.

  • Ajude os outros

Velho dito popular: é ensinando que se aprende. Tudo que você sabe você aprendeu de alguém ou de algum lugar, então, tente ser aquela pessoa que ensinou ao invés da que aprendeu. Na internet também: use fóruns e responda a algumas questões que sejam de seu conhecimento. Você pode aprender trocando informações com outros membros deste fórum.

  • Utilize Software Livre

Conheça e utilize software livre. Aprenda Linux, procure por linguagens, bancos de dados e aplicações livres.

  • Olhe códigos de programadores experientes

Tente buscar códigos de programadores mais experientes e veja como eles lidam com as mais variadas situações que ocorrem. Baixe um código-fonte de um software livre e veja como o mesmo foi montado. Mesmo que não esteja escrito da melhor forma, você aprenderá muito sobre escrita de código. Mas tome cuidado para não aprender maus hábitos ao ler estes códigos! A ideia não é sair imitando o que outros desenvolvedores escrevem, mas sim ter uma ideia de como as coisas podem ser feitas.

  • Divirta-se

Ninguém consegue evoluir caso não esteja gostando do que faz. Não é apenas o dinheiro que deve ser sua motivação, mas o próprio gosto pelo trabalho. Se você não está gostando do que faz e é um desenvolvedor júnior, o que faz você pensar que se tornar um desenvolvedor pleno ou sênior será melhor? Mude de emprego ou mude de área. Em contrapartida, se você realmente gosta do que faz. Com certeza você se tornará um melhor desenvolvedor!

As 5 principais linguagens de programação de 2018

C#
É uma linguagem desenvolvida pela Microsoft para rodar na plataforma .NET.

C++
Muito utilizada para desenvolver software com alto desempenho, jogos, drivers, apps e até firmware.

JavaScript
O JavaScript é uma linguagem orientada a protótipo, ou seja, ela trata todos os elementos da página como objetos distintos, facilitando a tarefa da programação.

Python
Python é uma linguagem de programação poderosa e de fácil aprendizado. Ela possui estruturas de dados de alto-nível eficientes, bem como adota uma abordagem simples e efetiva para a programação orientada a objetos. Sua sintaxe elegante e tipagem dinâmica, em adição à sua natureza interpretada, tornam Python ideal para scripting e para o desenvolvimento rápido de aplicações em diversas áreas e na maioria das plataformas.

Java
Linguagem simples, orientada a objetos, distribuída, interpretada, potente, segura, de arquitetura neutra, portável, de alto desempenho, multiencadeada e dinâmica.

Qual linguagem de programação eu deveria aprender primeiro?

Minha recomendação é a linguagem Python, isso mesmo, ela é uma linguagem fácil de ser escrita e compreendida. Caso tenha interesse em saber mais a fundo sobre a linguagem sugiro que pesquise.

Gostou da linguagem? Que tal, fazer um curso totalmente gratuito e com direito a certificado. A Solyd disponibiliza um curso de Python gratuito, basta acessar esse link e se cadastrar, simples e fácil. Bom estudo!

Essas foram as minhas dicas, gostou? Compartilhe esse artigo com seus amigos e não se esqueça de visitar o Fórum CaveiraTech, você encontrará uma série de conteúdo incríveis que estarão ajudando você com os estudos.

Fonte:

Top 5 Programming Languages In 2018